fbpx
o que é DRE
o que é DRE

Publicado por Marketing Farmarcas • 25 de maio de 2021

O que é DRE e como ele ajuda na gestão da sua farmácia!

Entenda o que é DRE, sua importância e porquê é fundamental realizar esse relatório na sua drogaria.

 

Quem administra um empreendimento, sabe que a saúde financeira da empresa é extremamente importante. Entender o que é DRE e como realiza-lo pode fazer a diferença na gestão da sua farmácia.

Por isso, hoje vamos abordar de forma completa, tudo o que você precisa saber sobre essa ferramenta, assim como os detalhes, números e análises que ela traz para o seu negócio.

 

O que é DRE?

O Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE) é um relatório que traz o resumo das atividades econômicas e operacionais de uma empresa, durante um determinado período de tempo.

Dentro do DRE, é possível ter uma visão ampla sobre a gestão do empreendimento, como os custos, despesas e o lucro obtido. Dessa forma, fica muito mais fácil entender se a sua operação está funcionando corretamente e quais são as medidas que podem ser tomadas para potencializar os resultados.

 

Qual a importância do DRE na sua farmácia?

Uma das principais vantagens do relatório DRE, é que ele permite que você analise a sua farmácia detalhadamente. O que isso significa na prática? Em outras palavras, significa que você passa a contar com números significativos para a tomada de decisão na sua loja.

Além disso, o DRE garante que você tenha acesso à informações de maneira rápida, pois todos os dados são entregues de forma sequencial e lógica, facilitando o entendimento.

 

Compreendendo a estrutura do relatório

Para entender melhor sobre a estrutura do DRE, listamos alguns dos principais tópicos que esse relatório abrange:

1) Receita de Vendas

Primeiramente, visualizamos a linha de Receita de Vendas, onde fica agrupada toda a receita gerada pela venda de produtos, mercadorias ou prestação de serviços durante um determinado período.

2) Custo Variável (Despesas com Mercadorias)

Dentro de Custo Variável, encontramos o CPV (Custo de Produtos Vendidos), CMV (Custos de Mercadorias Vendidas) e CSP (Custo dos Serviços Prestados). Trata-se acima de tudo, de gastos relativos à produção dos itens, compra das mercadorias e a preparação dos serviços.

3) Deduções e Impostos

Apresenta os descontos oferecidos para os produtos e abatimentos de impostos que incidem diretamente sobre as vendas, como o ICMS e ISS.

4) Despesas Operacionais

Envolve todas as despesas que a farmácia terá com os funcionários, como salários, encargos sociais e benefícios (vale-transporte, vale-alimentação, entre outros).

5) Despesas Operacionais Administrativas, com Assessorias e de Funcionamento

Dentro das despesas administrativas, encontram-se os gastos com seguros de imóvel e veículos, assim como a manutenção de equipamentos e serviços terceirizados.

Já nas despesas com assessorias, ficam englobados os gastos com a empresa em si, como o aluguel de POS de cartão de crédito, contabilidade, assessoria jurídica, treinamentos e manutenção de softwares .

Nas despesas de funcionamento, constam os valores de aluguel, condomínio, IPTU, energia elétrica, telefone, internet, promoções e propagandas, entre outros serviços.

6) Receita Líquida

A Receita Líquida é gerada pelo resultado da Receita de Vendas menos as Deduções. Esse é um dos primeiros indicadores que o DRE fornece e que é fundamental para qualquer farmácia.

7) Despesas Variáveis

Dentro de Despesas Variáveis, podemos citar como exemplos os fretes para entrega dos produtos, os gastos com combustível de veículos usados pela rede, entre outros.

8) Lucro Líquido

Por fim, chegamos ao principal objetivo do relatório DRE: o Lucro Líquido. Para obtê-lo, basta descontar ou adicionar os resultados não operacionais, ou seja, aqueles que incluem administradores, funcionários e demais.

 

Analisando o relatório 

A análise do relatório DRE pode ser feita tanto verticalmente, quanto horizontalmente.

  • Análise Vertical

Ao realizar a análise vertical, é possível calcular o percentual de cada uma das despesas, receitas ou custo em relação ao faturamento bruto. Ao mesmo tempo, também é uma forma de definir, de forma rápida e precisa, as despesas que ajudaram a diminuir o lucro em um período.

  • Análise Horizontal

Já na análise horizontal, você poderá entender qual foi o aumento ou a redução das contas ao longo dos meses. Inclusive, ela também permite identificar valores diferentes e que precisam ser verificados com atenção.

 

Agora você já sabe o que é a DRE e a sua importância na gestão de uma farmácia. Contudo, vale lembrar que automatizar processos também é essencial, tanto para agilizar o trabalho do contador, quanto para garantir que todos os dados sejam lançados.

Modelo de DRE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *