Lucratividade no varejo farmacêutico
Lucratividade no varejo farmacêutico

Publicado por brenno • 27 de junho de 2019

Veja como avaliar a lucratividade da drogaria

Para o negócio ter sucesso é preciso ter um ótimo nível de lucratividade da drogaria. Por isso, é importante o gestor fazer um acompanhamento constante dos indicadores. Dessa forma é possível encontrar possíveis necessidades de ajustes estratégicos para garantir a competitividade no mercado.

É preciso lembrar que o varejo farmacêutico é extremamente competitivo e saber avaliar bem a lucratividade mês a mês pode definir o sucesso ou o fracasso do negócio. Se um concorrente bastante eficiente surge, você precisa estar preparado com dados e informações sobre a sua farmácia para poder atuar com assertividade e se manter competitivo.

Estratégia da farmácia não deve se basear na concorrência

O indicador de lucratividade da drogaria mensura a eficiência operacional por meio de um valor percentual. Esse número indica o ganho que a farmácia consegue gerar com a sua atuação no mercado.

Lucro, lucratividade ou rentabilidade?

Para fazer uma boa avaliação dos indicadores de lucratividade da drogaria, o gestor precisa compreender a diferença de significado entre as palavras lucro, lucratividade e rentabilidade.

Isso porque a semelhança entre os termos pode causar confusão na hora do gestor interpretar as informações dos relatórios da farmácia.

Confira a diferença entre lucro, rentabilidade e lucratividade:

Lucro

É o resultado financeiro positivo obtido após a dedução de todos os custos, despesas e impostos da drogaria. O lucro é um índice que ajuda a direcionar a trajetória do negócio. Para definir qual é o lucro ideal para a farmácia o gestor precisa compreender os objetivos que foram especificados no plano de negócios. Depois disso, é possível estabelecer as metas e garantir a lucratividade da drogaria.

Qual a diferença entre pró-labore e distribuição de lucros da farmácia?

Rentabilidade

É um valor que auxilia a mensurar a capacidade que a farmácia tem em se pagar, com base no investimento feito para a sua abertura e funcionamento. Para obter esse dado é preciso dividir o lucro da farmácia de um determinado período pelo valor do investimento inicial. É muito importante o gestor acompanhar periodicamente a rentabilidade do negócio. Dessa forma ele consegue tomar decisões importantes que podem influenciar no crescimento do negócio. 

5 tendências do varejo farmacêutico que podem impactar sua drogaria

Lucratividade

Esse índice mensura a eficiência operacional do negócio e o indicador é obtido na forma de um valor percentual. Um dos sinais que a lucratividade não está satisfatória é encontrar um faturamento positivo nos relatórios e, em contrapartida, encontrar dados negativos na disponibilidade financeira da farmácia. Por isso, é importante analisar o indicador de lucratividade da farmácia e compará-lo com os demais índices, a fim de elaborar um diagnóstico correto sobre a saúde financeira do negócio.

Lucratividade por Produto

Uma das formas de analisar o desempenho dos resultados da farmácia é verificar o índice de lucratividade por produto. Ao conhecer as informações relacionadas a cada categoria é possível tomar medidas de correção para resolver eventuais problemas, como, por exemplo, a prática de descontos muito agressivos em produtos que não tiveram uma boa negociação de compra.

6 dicas para fazer uma boa gestão de estoque

Fatores que influenciam na lucratividade da drogaria

A lucratividade da drogaria é um indicador que precisa ser analisado pelo gestor com bastante cuidado. Esse valor pode ser influenciado por diversos fatores, um deles é a diminuição das vendas.

Nesses casos é interessante verificar se o mix de produtos está de acordo com as demandas da farmácia. Ter um planograma bem planejado também auxilia na exposição correta dos produtos e, consequentemente, facilita as compras dos clientes.

Aprenda a montar um bom planograma para a farmácia

Registro de entrada de mercadorias

Outro fator que pode influenciar na lucratividade da drogaria são as falhas na entrada de notas no sistema. Caso esse erro seja constatado é preciso realizar o ajuste no sistema imediatamente para não acarretar no pagamento de impostos indevidos e em inconsistências no inventário da farmácia.

Organização é a chave para a boa gestão de estoque da farmácia

Esse erro de entrada de produtos pode acarretar em diferenças significativas em vários indicadores e isso pode impactar a análise do gestor sobre o desempenho do negócio. É fundamental que a entrada dos produtos no sistema seja feita com muita cautela por um profissional que conheça bem os procedimentos da drogaria.

Cálculo de descontos nos produtos

A lucratividade da drogaria também pode ser influenciada por erros no cálculo de descontos dos produtos ou do preço máximo ao consumidor. Isso porque qualquer falha nessas informações pode gerar relatórios que não expressam a real situação financeira e fiscal da empresa.

5 fatores que afetam a precificação na farmácia

É fundamental que o gestor tenha atenção aos números dos relatórios a fim de manter um bom controle operacional e financeiro. O acompanhamento dos indicadores da farmácia auxilia no processo de análise e na tomada de decisão estratégica para o gestor criar alcançar as metas do negócio.

Saiba como expor os produtos na farmácia para vender mais

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *