Publicado por farmarcas • 23 de março de 2017

Entenda como funciona a compra centralizada no varejo farmacêutico

Muitas farmácias independentes não conhecem o funcionamento do departamento comercial das grandes redes ou de associações farmacêuticas. Além de muitos outros fatores, um dos grandes benefícios de ser associado é a vantagem do volume de produtos que podem ser adquiridos coletivamente. A compra centralizada é negociada pela central com valores mais competitivos.

Como a demanda de uma única farmácia não permite nenhum tipo de negociação com a indústria farmacêutica ou os distribuidores, os valores de compra acabam sendo maiores. Fazer parte de um grupo permite maior poder de negociação, já que um empresário sozinho teria uma demanda muito menor.

Um dos tipos de compra que redes ou associações realizam é a compra centralizada, em que a se utiliza da demanda das lojas para negociar condições mais competitivas junto a indústria farmacêutica, propiciando que mesmo uma pequena loja independente consiga adquirir produtos nas mesmas condições comerciais que as grandes redes do mercado.

Compra Centralizada para drogarias

Nesse tipo de compra, negocia-se uma condição por determinado período para os produtos de um determinado fabricante. A partir disso, as lojas associadas realizam suas compras e a associação mantém a condição negociada. Dessa maneira, a loja fica livre para escolher o distribuidor da sua preferência e ainda compra na quantidade que precisa para atender sua demanda individual.

Comprar bem é o início de todo e qualquer processo que leva ao sucesso no varejo farmacêutico. Um empresário que não tem boas condições de compra certamente terá mais dificuldade de praticar preços agressivos e equiparar sua oferta para o público final, perdendo espaço para a concorrência.

FA_07_CallTo_Action-_Blog_825x240px


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *