Publicado por Farmarcas • 13 de agosto de 2020

Como escolher um bom ponto comercial para farmácia

Seja para abrir a sua primeira farmácia ou ampliar a rede que você já possui, a escolha de um bom ponto comercial é fundamental para o sucesso nos negócios

 

Existem vários aspectos importantes na escolha de um bom ponto comercial para farmácia, entre eles estão: a qualidade de acesso, eventuais barreiras de acesso do cliente à loja, quais são os hábitos de deslocamento do público, qual é a topografia e densidade demográfica da região.

Contudo, esses fatores devem ser analisados em conjunto com as características do modelo de negócio que você pretende abrir ou expandir na sua rede. Por exemplo, uma loja de rua atinge um público diferente de um estabelecimento dentro de um shopping.

Vale lembrar que, para escolher um ponto comercial confinado, você precisará analisar também a estratégia do local e estar sempre alinhado, pois isso influenciará diretamente nos resultados do seu negócio.

Para fazer a escolha de um bom ponto comercial para farmácia, é fundamental que você responda algumas perguntas essenciais, como:

⇒ Onde está o meu público-alvo?

⇒ Qual é o perfil do cliente que pretendo atender?

⇒ Quais são as necessidades locais da região em que desejo atuar?

⇒ Qual é o volume de movimentação de pessoas?

⇒ Quais são as características que a farmácia precisa ter para atrair o cliente?

A escolha de um ponto comercial é extremamente importante. A decisão deve ser tomada com o maior número possível de informações, além de projeções técnicas e um estudo das tendências do mercado.

Mais importante do que conhecer tudo sobre o local antes de decidir por um ponto para abrir a drogaria, é preciso saber qual é a dinâmica das mudanças que acontecem na região.

 

Estudo de dados para análise do varejo farmacêutico

 

Além de ter as respostas anteriores, você precisa basear a tomada de decisão em dados concretos. Escolher um ponto comercial apenas porque ele tem um bom tamanho, está em uma rua movimentada ou tem boa visibilidade não é suficiente para dar segurança na decisão.

É muito comum encontrar empresários que escolheram um ponto devido a um apego emocional ao imóvel, seja porque mora há muito tempo na região ou pelo ponto já estar com a família há muitas gerações.

Para decidir por um bom ponto comercial para farmácia, os aspectos técnicos devem se sobrepor aos gostos pessoais. O feeling, ou seja, aquele sexto sentido do empresário, também entra na lista de critérios, mas os dados de mercado estão sempre em primeiro lugar.

Um exemplo do conhecimento técnico necessário é saber qual é o plano diretor da região e as diretrizes da cidade em que se pretende abrir uma drogaria. Além disso, é preciso saber se ocorreram mudanças nas leis de zoneamento, na mão de direção na via de acesso ao local e outras alterações que podem impactar muito no novo negócio.

Não adianta a farmácia ter um bom mix de produtos, atendimento impecável e preço atrativo se o ponto comercial não é satisfatório. Por isso, a consultoria de profissionais experientes no varejo farmacêutico pode fazer a diferença na escolha de um bom ponto comercial para a farmácia. Busque orientações de especialistas ou grupos associativistas de farmácia, como as redes de drogarias da Farmarcas.

A nossa Central possui um departamento de Expansão que oferece todo o suporte de analistas especializados na avaliação de pontos comerciais exclusivamente para a abertura das lojas das redes de drogarias associadas à Farmarcas.

Se você tem interesse em abrir uma drogaria associada a uma das redes da Farmarcas, clique aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *