fbpx

Publicado por Felippe Lopes • 8 de julho de 2022

A Transformação Digital e o seu impacto dentro da Farmarcas

Saiba como entender as mudanças nos hábitos do consumidor foi essencial para que a Farmarcas se adaptasse à transformação digital.

 

A transformação digital chegou para reestruturar os processos de inúmeros modelos de negócio. Ela tem sido responsável pela mudança nos hábitos do consumidor, principalmente quando falamos do comportamento de compra.

Entendendo isso, a Farmarcas se adaptou para que fosse possível melhorar ainda mais a experiência de compra dos clientes. Quer saber mais sobre como foi esse processo? Então confira abaixo!

 

A transformação digital dentro da Farmarcas

 

Dentro da Farmarcas, a transformação digital está diretamente ligada a digitalização dos processos e é vista por três diferentes óticas:

 

1 – Digitalização dos processos internos

Desenvolvimento de ferramentas e sistemas de uso corporativo, que permitam uma gestão eficiente dos dados e auxiliem os associados a atingirem os melhores resultados nas suas lojas;

 

2 – Digitalização dos associados

Criação de mecanismos que permitam com que os associados consigam gerenciem suas lojas de forma prática, segura e com eficácia;

 

3 – Digitalização dos consumidores

Entender como implementar novas funcionalidades que melhorem a experiência do consumidor, fortaleçam a autoridade da marca perante ele e, consequentemente, garantam a sua fidelização.

 

Compreender esses três diferentes processos (também conhecidos como Digitalização 360) permitiu que, de forma ágil, a Farmarcas pudesse não apenas acompanhar a transformação digital, mas implementar melhorias necessárias de acordo com as necessidades que surgiam.

 

“Sempre nos utilizamos de ferramentas digitais, sejam elas softwares, RP e sistemas de gestão de lojas. Por isso, quando falamos das redes associadas à Febrafar e à Farmarcas, podemos falar que estamos munidos dessas ferramentas há 20 anos.” – diz Marcelo Dantas, Diretor de Inovação da Farmarcas.

 

Marcelo Dantas – Diretor de Inovação na Farmarcas

 

“Entre as mais utilizadas, podemos destacar as ferramentas de análise de indicadores digitais, que captam as informações e geram insights. Além disso, também vale mencionar o PEC, um programa que agrega dados do consumidor e permite a criação de estratégias assertivas para a sua fidelização – completa Marcelo.”

 

Um ponto importante e que Marcelo faz questão de destacar, é a adesão dos donos de farmácias na utilização dessas ferramentas:

 

“Acredito que a aderência dos associados às ferramentas disponibilizadas pela Farmarcas é fundamental para que eles consigam obter os melhores resultados. Trata-se de uma mudança muito mais cultural e que vem acontecendo de forma natural” – finalizou o Diretor de Inovação.

 

Para Paulo Roberto Costa, Diretor Geral da Farmarcas, a Transformação Digital traz possibilidades abrangentes:

 

“Acredito que ela é uma forma de podermos dar mais alternativas de canais de atendimento, trazendo praticidade e acessibilidade para o consumidor. Embora muitos clientes de farmácias já possuam hábitos estabelecidos com o modelo presencial, a transformação digital surge para trazer um pouco mais de conforto na experiência de compra” – diz Paulo.

 

Inovar para estar sempre um passo a frente

 

Com as mudanças nos hábitos de compra e no próprio segmento farmacêutico, acompanhar a movimentação da concorrência e desenvolver inovações de processos se tornou algo fundamental. Para Paulo, a explicação está em uma característica presente no coração da Farmarcas:

 

“Nós possuímos um pragmatismo adaptativo, ou seja, quando entendemos que precisamos nos adaptar, nos adaptamos. Temos o hábito de monitorar as lojas de perto, assim como os associados e o próprio mercado.” – completa o Diretor Geral da empresa.

 

Paulo Costa – Diretor Geral na Farmarcas

 

Por fim, Paulo também destaca a importância que o departamento de Inovação tem tido nesse processo:

 

“Através da Inovação, temos conseguido digitalizar muitos processos que envolvem a nossa relação com os associados, evoluindo a forma como nos comunicamos com eles. Além disso, também temos disponibilizado ferramentas cada vez mais eficientes, como o próprio e.delivery e o Órbita” – concluiu Paulo.

 

 

Muito mais do que acompanhar tendências, a Farmarcas acredita que a inovação é a chave para proporcionar as melhores experiências para associados e colaboradores.


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *